Todo café arábica é especial?


Vamos começar a publicação explicando o que de fato é o café especial (specialty coffee).


Cafés arábica especiais são cafés que, após o processo de beneficiamento no produtor, seguem para uma entidade certificada e passam por uma análise sensorial, realizada por profissionais (Q-Grader) com olfato e paladar altamente treinados para experimentar café, segundo os critérios da SCA e que atingem 80 pontos nesta avaliação. Além de atributos sensoriais, o café deve ser isento de impurezas e defeitos.


SCA

A Specialty Coffee Association objetiva apoiar as comunidades cafeeiras em todo o mundo no cultivo mais sustentável do café, estendendo o fomento a toda a cadeia produtiva. A SCA se firma na visão da melhoria contínua da qualidade dos cafés especiais, elevando o padrão de qualidade em nível internacional, por meio de uma abordagem colaborativa e progressiva, baseando-se em anos de insights e inspiração da comunidade de cafés especiais.


Bom, com o que vimos acima já dá para imaginar que nem todo café arábica é um café especial (specialty coffee), justamente porque para o café receber esta classificação, uma amostra do lote precisa passar pela avaliação física e sensorial de um Q-Grader, receber uma pontuação entre 80 e 100 pontos e, ter a emissão de um laudo sensorial que comprove a qualidade e rastreabilidade do grão.


Todo café especial é da espécie arábica? Por ora, afirmamos que todo café especial avaliado por um Q-Grader é um café arábica. Contudo o mundo dos cafés especiais é dinâmico e alguns produtores de outras espécies de café vêm procurando melhorar a qualidade dos grãos, buscando certificações. Mas isso é matéria para uma outra publicação.


Curtiu? Então siga-nos no Facebook e Instagram @TheRoastedOficial






Felipe C Pissi, mestre de torras THE ROASTED - 04/05/2021